Segunda a Sexta 8h às 12h | 13h às 17h
(84) 3211-8505

Josevaldo Amaral fala sobre IR na 3ª edição do CRCRN Integra

Conselheiro destacou pontos importantes e tirou dúvidas de internautas sobre as declarações

Por Comunicação CRCRN, CRCRN — Natal-RN

25-MAI-2020 15:56:00

Josevaldo Amaral fala sobre IR na 3ª edição do CRCRN Integra

O Imposto de Renda 2020, assunto bastante recorrente no cotidiado do profissional da Contabilidade, foi o tema da terceira edição do CRCRN Integra, ciclo de palestras online do Conselho Regional de Contabilidade do RN, nesta segunda-feira (25).

O conselheiro Josevaldo Amaral foi o palestrante desta edição, com mediação da conselheira Radna Rocha. A contadora abriu o evento falando sobre a importância da campanha Destinação. "Fazemos um apelo para que cada contador oriente seus clientes a doarem 3% do imposto para projetos sociais", destacou.

Durante a sua fala, Josevaldo falou sobre a extensa legislação do Imposto de Renda, criado em 1922, sendo o primeiro imposto direto cobrado pelo poder central. O IR é destinado a financiar políticas públicas de saúde, educação e de transferência de renda. "Teoricamente, ajuda a melhorar a vida das pessoas", explica o contador. "Agora, por exemplo, temos o auxílio emergencial, tão importante nesta pandemia".

Josevaldo destacou também a existência do imposto em vários países do mundo e a discussão sobre o retorno à tributação de lucros. Explicou, ainda, os tipos de declarações disponíveis no IRPF (de ajuste anual, final de espólio e de saída definitiva do país), os critérios de obrigatoriedade e situações inividuais (declaração de contribuinte casado, com companheiro e declaração de espólio).

Dentre as dicas que deu durante a palestra, Josevaldo afirmou que a declaração em separado para contribuintes casados é mais vantajosa e alertou para a questão da distribuição de bens levando em conta os valores da declaração e de inventário (este último geralmente maior).

O conselheiro explicou os rendimentos que são tributáveis na declaração e tirou algumas dúvidas de internautas sobre cada um: trabalho, alugueis, pensão alimentícia, atividade rural, recebidos acumuladamente e outros.

Josevaldo falou sobre Carnê Leão, forma de recolhimento obrigatório do imposto que incide sobre rendimentos que a pessoa física recebe de outra pessoa física. O contador explicou quem deve preenchê-lo: profissional liberal, autônomo, locador, pensionista e quem recebe rendimentos vindos do exterior por pessoas físicas.

Sobre pensão alimentícia, tema que gera muitas dúvidas dentro de IR, Josevaldo ressaltou alguns aspectos importantes. "Quem recebe deveria, no momento do recebimento, preencher o Carnê Leão, o que na maioria das vezes não acontece, por falta de conhecimento", frisa.

Assista à palestra completa aqui